domingo, 18 de julho de 2010

A relevância do sistema educacional, diante das desigualdades sociais existentes em nosso pais.

O ciclo da solução brasileira
È alarmante os índices de desigualdades sociais no Brasil.Milhões de pessoas neste país vivem em severas condições humanas.A solução do nosso governo é criar bolsas-auxílio. No entanto, deixa de lado um sistema que possui uma grande relevância: o educacional.Sua importância é fundamental devido três fatores:no estágio atual do sistema capitalista o conhecimento é essencial; a educação atribui ao indivíduo o conhecimento e o poder de questionar e por fim, o torna apto para o mercado de trabalho.
Indubitavelmente,o conhecimento é visto no mercado de trabalho como uma mercadoria.Quanto mais o indivíduo se torna diferenciado dos demais, mais apto ele se torna atraente aos olhares dos empregadores. O problema está na classe baixa que sem respaldo do governo mal consegue garantir seu nível de escolaridade básica. Com isso, acentuam-se ainda mais as disparidades no brasil.
O problema da educação no Brasil é crônico, e a cada eleição ouve-se melhorias e nada muda. A peça chave para o desenvolvimento de um país é fazer crescer o cidadão que ali reside com o conhecimento , boas escolas, cursos profissionalizantes e acesso à uma faculdade pública de qualidade e atividades acadêmicas extracurriculares. E, assim ter a base educacional para o sistema que vivemos. Isso é obrigação do governo:garantir a educação está na constituição do Brasil
E, estando com essa base sólida o indivíduo possui a estrutura para competir, garantindo emprego e suas necessidades básicas como moradia e saúde e alimentação. E o governo ganhará muito com isso, pois arrecadará mais impostos para investir no social e até mesmo gerar atrativos econômicos e sociais para empresas privadas.
Portanto, o sistema educacional é o início de um ciclo vicioso no qual gera um grande desnvolvimento para o país.Sendo assim, cuidando do cidadão dando a base educacional , ele se torna apto para auxiliar o Estado em sua necessidades sociais.